Série Microsoft Visual C# parte I

Olá pessoal tudo bem?

Sempre esteve em meus planos criar uma série para os desenvolvedores iniciantes , essa série será voltada para esse público porém sempre aprendemos coisas novas então caso você já programe com c# algumas dicas poderá ser bem uteis para o seu dia a dia.

Espero que realmente eu possa contribuir para o aprendizado desses novos e futuros profissionais.

Nessa série vamos aprender noções básicas e um futuro próximo noções avançadas, abaixo temos a a fase introdutória da série, depois que terminarmos esses tópicos vamos aprofundar ainda mais na  linguagem.

  1. Introdução ao Microsoft Visual C#.
  2. Trabalhando com variáveis e operadores .
  3. Criando métodos.
  4. Instruções de decisão e atribuição.
  5. Gerenciamento de erros e exceções.
  6. Trabalhando com classes e objetos.

 

Breve história da Linguagem  C#

A linguagem C# faz parte do conjunto de ferramentas oferecidas na plataforma .NET e surge como uma linguagem simples, robusta, orientada a objetos, fortemente tipada e altamente escalável a fim de permitir que uma mesma aplicação possa ser executada em diversos dispositivos dehardware, independentemente destes serem PCs, handhelds ou qualquer outro dispositivo móvel.

O avanço das ferramentas de programação e dos dispositivos eletrônicos inteligentes, criou problemas e novas exigências. As novas versões de componentes compartilhados eram incompatíveis com o software antigo. Os desenvolvedores reconheceram a necessidade de software que fosse acessível para qualquer um e disponível por meio de praticamente qualquer tipo de dispositivo. Para tratar dessas necessidades, a Microsoft anunciou sua iniciativa .NET e a linguagem de programação C#.

Durante o desenvolvimento da plataforma .NET, as bibliotecas foram escritas originalmente numa linguagem chamada Simple Managed C (SMC), que tinha um compilador próprio. Mas, em Janeiro de 1999, uma equipe de desenvolvimento foi formada por Anders Hejlsberg, que fora escolhido pelaMicrosoft para desenvolver a linguagem. Dá-se inicio à criação da linguagem chamada Cool. Um pouco mais tarde, em 2000, o projeto .NET era apresentado ao público na Professional Developers Conference (PDC), e a linguagem Cool fora renomeada e apresentada como C#.

 

A criação da linguagem, embora tenha sido feita por vários programadores, é atribuída principalmente a Anders, hoje um Distinguished Engineer naMicrosoft. Ele fora o arquiteto de alguns compiladores da Borland, e entre suas criações mais conhecidas estão o Turbo Pascal e o Delphi.

A Microsoft submeteu o C# à ECMA para uma padronização formal. Em Dezembro de 2001 a associação liberou a especificação ECMA-334Especificação da Linguagem C#. Em 2003 tornou-se um padrão ISO (ISO/IEC 23270). Há algumas implementações em desenvolvimento, destacando-se a Mono, implementação open source da Novell, o dotGNU e o Portable.NET, implementações da Free Software Foundation, e o BDS 2008, implementação da CodeGear. Fonte:wikipédia

 

Arquitetura .NET

Programas escritos em C# são executados no .NET Framework, um componente do Windows que inclui um sistema de execução virtual chamado Common Language Runtime (CLR) e um conjunto unificado de bibliotecas de classes.O CLR é a implementação comercial da Microsoft da infraestrutura de linguagem comum (CLI), um padrão internacional que é a base para a criação e execução de ambientes de desenvolvimento em que as linguagens e as bibliotecas trabalham juntos sem problemas.

O código-fonte escrito em C# é compilado em uma linguagem intermediária (IL) que está em conformidade com a especificação CLI.O código IL e recursos, como bitmaps e strings, são armazenados no disco em um arquivo executável chamado de um assembly, normalmente com uma extensão .exe ou .dll.Um assembly contém um manifesto que fornece informações sobre os tipos do assembly, versão, cultura e requisitos de segurança.

Quando o programa C# é executado, o aseembly é carregado para o CLR, que pode tomar várias ações com base nas informações do manifesto.Então, se os requisitos de segurança são aprovados, o CLR executa a compilação just in time (JIT) para converter o código IL em instruções de máquina.O CLR também oferece outros serviços relacionados à coleta de lixo automática, tratamento de exceções e gerenciamento de recursos.Código que é executado pelo CLR é muitas vezes referido como “código gerenciado”, em contraste com o “código não-gerenciado”, que é compilado em linguagem de máquina nativa e que foca um sistema específico.O diagrama a seguir ilustra as relações entre o tempo de compilação e de execução de arquivos de código-fonte C#, bibliotecas do NET Framework, assemblies e o CLR.Fonte:Microsoft

Esse post foi apenas para apresentar a séria Visual C#, no  próximo post vamos construir nosso primeiro aplicativo, lembrando que todos os projetos eu disponibilizo no GIT

LEAVE A COMMENT